Buscar
  • unoxconsultoria

Finanças nas pequenas empresas

Atualizado: Set 10

É mais do que sabido por todo dono de negócio, que as finanças representam parte fundamental da gestão de uma empresa. Então por qual motivo encontramos tantos empreendimentos com problemas financeiros? Ou pior, porque vemos tantos empreendedores que desconhecem os números da sua empresa?


É evidente que são perguntas complexas e não temos soluções simples ou prontas aqui! Mas uma das respostas potencialmente candidatas a tais perguntas, é certamente a falta de disciplina com relação às finanças.


Em mais de 20 anos atuando junto a empresas, pude identificar uma reação muito comum, especialmente nos pequenos empreendedores: o medo! Sim, isso mesmo! O medo de ver suas contas no vermelho! E já escutei de muitos donos de negócios frases como: “Deixo para ver o banco somente naquele dia em que as coisas já não estão tão boas, assim não estrago meus dias bons. ” Ou ainda, “Só olho de vez em quando porque meu coração não aguenta! ”.


De verdade pessoal, isso é algo que precisa ser urgentemente cuidado! O acompanhamento das finanças da empresa deve ocorrer diariamente, e preferencialmente no primeiro período do dia!


Existe aqui uma confusão muito comum com relação ao entendimento do conceito “problemas financeiros”. Em geral os “problemas financeiros” de uma empresa não são exatamente causados pelo tão famigerado Departamento de Finanças! Muito comumente, os problemas ocorrem em outras áreas da empresa e refletem na área financeira!


Podemos citar aqui o exemplo de uma empresa do ramo industrial. É muito comum que nas empresas de manufatura, as áreas de operações e logística sejam os ralos financeiros do negócio. Nesse caso a recomendação aqui é atuar junto aos setores com problemas, para a realização de um diagnóstico com especialistas (consultores) habilitados em processos e operações (lean manufactoring por exemplo).


Em outro exemplo muito comum, vemos um enorme gasto com marketing, cada vez mais e mais frequente e sem aparentes resultados. Em uma situação assim podemos, provavelmente, encontrar uma baixa taxa de retenção de clientes que pode ter causas, desde uma experiência ruim do cliente ou usuário, até o pós-venda ineficiente ou inexistente! E a empresa, dessa forma, se vê escravizada em estar adquirindo constantemente novos clientes por não conseguir cumprir a tarefa de reter os atuais. Especialistas recomendam fortemente que se utilize indicadores como a taxa de Churn e o NPS (Net Promoter Score), por exemplo.


Inúmeros podem ser os exemplos nas mais variadas áreas das empresas! Mas o ponto crucial aqui é o que fazer para que os números do meu negócio sejam melhores? Bem a resposta central já temos. E certamente passa por acompanhar rotineiramente os números da sua empresa.


E como esse tema é extremamente extenso, vamos simplificar para você deixando um link, para que você possa baixar nosso e-Book “Ferramentas Financeiras para Empresas” contendo um passo-a-passo de como fazer sua empresa ficar no azul!


Espero que tenham gostado do artigo! E até breve!


#financasparaempresas #empreendedorefinancas


Baixar o e-Book

e-Book-Financas-UNOX
.pdf
Download PDF • 2.75MB


21 visualizações1 comentário

© 2020 - Todos os diretos reservados a UNOX Consultoria